top of page

O renascimento russo e a ameaça à Europa


Desde que Vladimir Putin assumiu o poder a Rússia vem aumento a sua influência mundial com altos investimentos no setor de defesa. Além disso, passou a desafiar a OTAN e os EUA reafirmando a sua intenção de voltar a ser protagonista no cenário internacional. Alguns exemplos da preocupação que suscitou foi a reativação da Segunda Frota pela US Navy e da realização do maior exercício militar da OTAN desde a Guerra Fria, o Trident Juncture ambos em 2018.

O governo russo de tempos em tempos viola o espaço aéreo de países europeus, bem como algumas aeronaves militares russas voam próximas a costa do Alasca (já houve interceptação por caças da US Air Force).

Porém, o que demonstrou a ascensão russa foram a anexação da Criméia, influência política na Ucrânia, manutenção de Bashar Al Assad no poder da Síria, influência nas eleições norte-americanas e o "troco"geopolítico nos EUA ao ser o protetor venezuelano juntamente com China e Irã . Além disso, a Rússia é o mestre da Guerra Híbrida, em que comentarei futuramente em um post, que é uma nova forma de guerra em que tanto a Europa quanto os EUA estão "engatinhando".

Atualmente está aumentando a dependência européia em relação ao seu gás e petróleo.


Recentemente a OTAN se reuniu para debater o dilema de aumentar a ajuda em operações de caráter humanitário devido a pandemia do coronavírus em detrimento da ameaça russa a Europa Ocidental.

Segue um vídeo que poderá aumentar o conhecimento sobre o tema, mas a Rússia será assunto de outros posts em breve aqui no Blog.


Qual a sua opinião sobre a ascensão Rússia? Sairá ela mais forte após a pandemia?

Comentarios


bottom of page